Artes, negócios, diversão e comportamento.

10 passos do sucesso no falar ao público

10 passos para apresentar-se em público com efetividade, confiança e desenvoltura. Por Mauro Henrique Toledo (*)

- Conheça bem seu público.

Quer vender biquínis no Polo Norte? Eu também não. E não é preciso ser muito sabido para imaginar que tal negócio não pode dar certo. Portanto, sua mensagem, por mais bem definida que esteja, tem chances de ser perder no Polo Norte se o seu público não for considerado. Conheça seu público, interesse-se por ele. Assim você poderá construir uma mensagem também de interesse de seu público. Essa é a base da empatia. Lembre-se: comunicação é informação e também é relação construindo sentido.

2 – Defina um objetivo claro.

O livro Alice no País das Maravilhas traz este diálogo de Alice com o Gato.

(Alice) – Que caminho devo seguir?

(Gato) – Depende de onde você quer chegar.

(Alice) – Não sei para onde quero ir.

(Gato) – Então pouco importa o caminho que irá seguir.

Fazer uma apresentação sem ter um objetivo claro e definido é como sair de viagem sem ter um destino. Pode ser muito divertida (a viagem) mas será pouco eficiente e efetiva (a mensagem). Antes de começar pergunte-se: – ao acabar a minha exposição, o que é importante que meu público saiba, lembre-se, guarde, reflita, considere, aprenda, conheça, saiba?

3 – Escolha uma única mensagem.

Do que você se lembra na última vez que foi à uma palestra? Hoje em dia as pessoas tem capacidade de atenção baixíssima. Se o palestrante transmite uma chuva de informações a capacidade de retenção torna-se praticamente nula. O público deve se lembrar de apenas uma mensagem que seja relevante e essa tem que ser a sua mensagem forte, única, curta e clara.

4 – Selecione ideias e argumentações e trabalhe sua forma de falar.

Acredito que você possa falar durante horas de seu conhecimento e experiências. Porém em 15, 30 ou 45 minutos não cabe muito conteúdo. É importante selecionar suas melhores ideias e argumentações. Pense em sua ideia central (objetivo definido), este é o SOL – e ao redor dela devem girar as informações que tenham a ver com ela, os planetas do sistema solar. Tudo o que não tiver a ver com o SOL, a ideia central (objetivo definido) deve ser dispensado. Use a ideia central como filtro. O que não estive neste sistema solar, fora. Ou você vai levar o seu público para outras galáxias.

5 – Estruture suas ideias de maneira lógica.

Para que servem as colunas e as vigas na construção de uma casa? Para estabelecer a fundação e sobre ela compor o “conteúdo”, tijolos, massa, cerâmicas, acabamento. Para que as apresentações cumpram seu destino é necessário que haja uma estrutura lógica e clara que permita ao público seguir a exposição e entendê-la com facilidade.

Tenha uma abertura surpreendente que chame a atenção, que desperte interesse pelo assunto e procure começar sua apresentação com simpatia e energia estimulante, motivado, buscando a interação com o público.

6 – Preencha sua estrutura de conteúdo.

Uma das receitas mais seguras para matar o público de tédio é preencher a estrutura de teorias. Por mais interessante que sejam, é impossível manter a atenção da plateia o tempo todo se não se colocar um tempero de humor, de simpatia, de vibração, de ritmos, dinâmicas e inflexões variadas.

Além disso, use exemplos, conte histórias pessoais de forma espirituosa, divertida, use metáforas e analogias, faça perguntas retóricas, faça uma demonstração, mostre um vídeo, use de teatro, diálogos imaginários com personagens. Abuse da criatividade para sair do lugar comum, evite o tom professoral e a fala de uma nota só. Fazendo isso você vai reforçar suas ideias e elas serão transmitidas de forma mais interessante e fáceis de escutar.  

7 – Desenhe suas ajudas visuais

Se vai usar slides ou imagens no ppt para auxiliar sua exposição, primeiro pergunte-se: é imprescindível? Se decide que sim, seguem duas recomendações para o projeto visual.

- Não sobrecarregue o slide de texto. Além de causar péssima impressão, as pessoas vão se assustar ao ver tanto texto e ao tentarem ler vão se esquecer de sua presença. E não leia o texto no slide, fica pior ainda.  

- Use um só slide para cada argumentação ou ideia escolhida e previamente inserida na sua estrutura. Imagens valem mais que muitas palavras. Use a imagem para marcar o que você fala. Isso ajuda e muito.

8 – Ensaie até ficar exausto.

Se terminar seus slides de suporte às duas da manhã da noite anterior à sua apresentação, como acha que será seu desempenho na hora da verdade?

A única maneira de estar próximo de fazer uma apresentação excelente, com fluência, naturalidade e confiança é praticar, praticar e praticar. Não vai resolver repassar a apresentação mentalmente. Não vai resolver ler a palestra dez vezes. É imprescindível verbalizar o texto tantas vezes sejam necessárias até que o texto flua com naturalidade. Este é o melhor aprendizado, o que se escreve para ler é diferente do que se escreve para falar. Ensaiando é quando as palavras tornam-se fáceis de serem ditas e significativas para o público. Isso traz recompensa para o público que não precisa fazer grande esforço para compreender suas ideias e conteúdos.

9 – Execute a apresentação

Ao chegar a hora da verdade, há vários truques é técnicas para ajudar na expsoição. Mas as borboletas no estômago não vão permitir que você se lembre de tudo e aplique durante o discurso. Lembre-se de fixar em apenas uma coisa: busque a conexão com seu público.

Algumas sugestões:

  • Busque o contato visual individual, inclua as pessoas.
  • Sorria (Sempre que o tema permitir).
  • Gesticule com naturalidade e de forma aberta.
  • Mantenha postura erguida.
  • Mantenha seus pés firmes ao chão (movimente-se com intenção definida).

 

10 – Busque feedback, melhore e vá em frente.

Somente a prática faz o mestre. Praticar, receber feedbacks , implementar melhorias e assim repetir novamente. Esse é o único caminho para a melhoria contínua. É esta prática que vai ampliar seus recursos, que vai lhe dar confiança, que vai diminuir seu estresse e que vai fazer de você um comunicador excelente de apresentações excelentes.

Como obter feedback?

Tenha disciplina e siga estes 10 passos. Suas apresentações terão melhores resultados, vai abrir muitas portas que levarão você tão longe quanto deseja chegar.

(*)Mauro Henrique Toledo é coach de comunicação para falar em público e consultor de treinamentos para vendas, liderança e gestão da Teatres Teatro Coach. O autor se baseou nos ensinamentos do conferencista espanhol,  Sebastián Lora, que é formador em habilidades de comunicação e que escreve o blog http://www.declamatoria.com/.

Deixe uma resposta para Ana Maria Cancelar resposta

Comentários

  1. Ana Maria: Em 29 de maio de 2015 às 16:06

    Adorei, Mauro, obrigada por dicas muito bom.