Artes, negócios, diversão e comportamento.

Besteira que falar em público é o maior medo das pessoas!

Como o Teatro Coach vai transformar seu medo em alegria de falar em público. Por Mauro Henrique Toledo

Uma estatística afirma que o maior medo do ser humano é falar em público. Besteira. Outra estatística citada por alguns “mestres de falar em público” é que a qualidade da linguagem corporal e da voz são responsáveis por 93% do sucesso, ficando o conteúdo com apenas 7% dos méritos. Outra besteira. E tem a dica de que para encarar a plateia, basta imaginar as pessoas nuas à sua frente e pronto, você se sente melhor. Neste caso não digo que é besteira, é no mínimo divertido imaginar isso, assim relaxa um pouco, mas não goza.

Minha dica é: imagine que na plateia estão seus amigos e amigas. Se não são amigos são o que? Inimigos? Inimigos que você precisa vencer pela força da verdade de suas argumentações? Inimigos que você precisa criar para justificar sua arrogante superioridade acadêmica? Inimigos criados para justificar as armas que você usará para convencê-los, vencê-los? Vencerá usando armas como mentiras, informações rasas e demagogia? Inimigos criados para justificar seu medo, seu estresse, seu mundo de desconfiança? Pense: se você cria inimigos, você alimenta o seu próprio medo, sua insegurança e sua hostilidade.

Para perder o medo e ter menos estresse, pense em conversação, pense em compartilhar conhecimentos, pense em ser generoso, pense e aja sem pretender ser o dono da verdade. Pense que a verdade compartilhada é construída com as informações, conhecimentos e experiências das pessoas presentes no ambiente. Ao se expor, pense que o que você sabe pode ou não ter aceitação, isso pelo que cada pessoa conhece ou não do conteúdo em questão. Pense que ao falar ao público você contribui para ampliar seu próprio conhecimento, promover o debate, a discussão, a busca por novas perguntas, respostas, soluções e inovações. Essa abertura ao diálogo permitirá a interação e vai gerar novas conversações, novas ideias e velhas ideias serão transformadas.

Falar em público, falar ao público e falar com o público é também é diálogo de conteúdos, é interação de saberes, é aprendizagem mútua, é co-criação, é tornar comum a todos, é comunicação. O cientista, pensador e escritor chileno Humberto Maturana diz: “Cuando las personas dialogan hablan desde su “logos”, es decir, conocimiento. Cuando defendemos nuestro conocimiento-postura, no nos escuchamos y por tanto no conversamos. Cuando conversamos de verdad, sin paradigmas ni prejuicios, podemos Co-crear, Co-inspirarnos y evolucionar. Por eso queremos conversar, de verdad, sobre el conversar”.

Clique para saber Nova turma Teatro Coach Falar em Público: Venha aprender a estruturar suas exposições e dar mais do seu melhor em corporalidade, emocionalidade e linguagem.

Compartilhar

Deixe o seu comentário