Artes, negócios, diversão e comportamento.

Em rota de colisão …

A segurança excessiva beira a arrogância, que deturpa a percepção do todo. Conheça uma história encontrada na web e leia comentários de Alzira Andrade.

Considerações antes da leitura: O texto abaixo, na íntegra, encontra-se na internet. Usamos como metáfora para ilustrar a reflexão contextual pertinente, sem deixar de chamar a atenção do leitor para a mensagem subliminar de tendência anti-americana existente no texto. No lugar do personagem Marinha NorteAmericana podia ser Marinha Russa, Brasilleira, Chilena, ou outra. O que nos interessa é o comportamento demonstrado.

“Esse diálogo é verídico, e foi travado em outubro de 1995, entre um navio da entre um navio da Marinha Norte-Americana e autoridades costeiras do Canadá, próximo ao litoral de Newfoundland.

Os americanos avistaram uma luz em rota de colisão com eles e começaram:
- Favor alterar seu curso 15 graus para norte para evitar colisão com nossa embarcação.
Os canadenses responderam de pronto:
- Recomendo mudar o SEU curso 15 graus para sul.
O americano ficou mordido:
- Aqui é o capitão de um navio da Marinha Americana. Repito, mude o SEU curso.
Mas o canadense insistiu:
- Não. Mude o SEU curso atual.
O negócio começou a ficar feio. O capitão americano, com raiva, berrou ao microfone:
- FIQUE SABENDO, ESTE É OPORTA-AVIÕES USS LINCOLN, O SEGUNDO MAIOR NAVIO DA FROTA AMERICANA NO ATLÂNTICO. ESTAMOS ACOMPANHADOS DE TRÊS DESTROYERS, TRÊS FRAGATAS , SUBMARINOS E NAVIOS DE APOIO. EU EXIJO QUE VOCÊS MUDEM SEU CURSO 15 GRAUS PARA NORTE, OU ENTÃO TOMAREMOS CONTRAMEDIDAS PARA GARANTIR A SEGURANÇA DO NAVIO.
E o canadense calmamente respondeu:
- Aqui é um FAROL, ESTAMOS NUM ROCHEDO, desvie , cambio.”

Descer do pedestal se faz essencial para uma visão horizontal. Saber olhar e ouvir o outro com olhos de quem quer ver e escutar é um aprendizado necessário para uma eficaz comunicação interpessoal. A segurança excessiva beira a arrogância que deturpa a percepção do todo. Refletir para entender em que contexto o que está acontecendo se encaixa, evita graves confrontos. Ter uma visão de si mesmo próxima à visão que o mundo tem de você, facilita a comunicação e cria entendimentos. Dar uma ordem, exercer a autoridade através do uso de palavras, sem ter consciência de que a situação suporta a ação gerada por tais palavras, pode causar confrontos destruidores.

O texto acima gerou todas essas afirmações que podem gerar dúvidas, questionamentos e essa é nossa proposta: fazer refletir ante cada ação para ser mais assertivo, evitando desgastes desnecessários para atingir resultados almejados.

 

 

 

 

Compartilhar

Deixe o seu comentário