Artes, negócios, diversão e comportamento.

Bem-vindos ao novo site Teatrês

Estamos preparados para novos desafios, parcerias e realizações, apoiados pela sabedoria do bambu. Por Mauro Henrique Toledo

Bem-vindos! Comemoramos 10 anos. Quase toda a nossa história de êxitos você vai encontrar aqui. Textos, fotos e vídeos que contam, revelam e esclarecem nossas intenções, ações, objetivos e ideais. O novo site é uma celebração à nossa equipe e clientes que construíram nosso sucesso. E é também um porto seguro para novas parcerias e desafios de aprendizados e realizações. Estamos preparados. Nossa mente, modesta mente, se abre à sabedoria da vida e das pessoas; nossa alma e Deus criativo estão atentos e ávidos por contribuir para melhorar o ser humano, as relações nas empresas e na sociedade.

De todos os valores que prezamos para os novos tempos um é, e sempre nos foi caro: a flexibilidade. Recentemente, numa palestra sobre Taoísmo, aprendemos sobre o bambu. O bambu demora cinco anos para aparecer sobre a terra, porque durante este tempo suas raízes se espalham por debaixo da terra criando uma rede consistente. No Japão, em caso de terremoto as pessoas buscam os bambuzais, porque alí a terra é firme por causa da força e união das raízes do bambu. Seu broto surge apenas após a raiz se fortalecer e aí o bambu “externo” cresce a olhos vistos, e se curva ao vento e às tempestades sem se quebrar. Tem raízes, tem flexibilidade, aceita e se move firme e elegantemente aos ventos da mudança dos tempos.

“Flexibilidade é a capacidade de se adaptar às circunstâncias da vida, significa não ter posturas rígidas em termos físicos ou psíquicos. Uma pessoa de moral rígida demais também pode se quebrar como um carvalho ao vento. Ela pode seguir seus princípios com tanta dureza que as pessoas não conseguirão permanecer ao seu lado. Não conseguirá ter relações satisfatórias, os amigos acabarão se afastando, será infeliz, ficará isolada, incompreendida. Em alguns casos poderá ter uma postura de mártir e, com isso, desenvolver um complexo de superioridade. Não é raro uma pessoa de moral muito rígida se intrometer na vida alheia, ditar regras absurdas, criticar todo mundo, se tornar um guardião ensandecido da moral e dos bons costumes. Enfim, um tirano. Ou, no mínimo, um tremendo … chato! Tudo isso quebra o encanto da vida – e da própria pessoa.” *

Bem-vindos aos novos tempos da Teatrês. Contem conosco para formar raízes consistentes de conhecimento, com teoria e prática em teatreinamento. Estamos preparados para promover mudanças significativas, celebrar a vida e realizar sonhos.

Mauro Henrique Toledo

*A Sabedoria da Natureza, Roberto Otsu, Editora Ágora.

Compartilhar

Deixe o seu comentário